top of page

Lombalgia crônica: o que é, causas, sintomas e tratamento



Lombalgia crônica

A dor lombar é uma das condições médicas mais comuns do mundo, afetando cerca de 80% da população em algum momento da vida. Em sua maioria, os casos são de dor lombar aguda, que dura de alguns dias a algumas semanas. No entanto, em alguns casos, a dor lombar pode persistir por mais de três meses, tornando-se uma condição crônica.


A lombalgia crônica é uma condição debilitante que pode afetar significativamente a qualidade de vida do paciente. Ela pode causar dificuldades para realizar atividades cotidianas, como trabalhar, se locomover, dormir e até mesmo realizar tarefas simples, como se vestir.


O que é a lombalgia crônica?


A lombalgia crônica é definida como dor na região lombar que dura mais de três meses. Ela pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo:


Lesões na coluna vertebral: como hérnia de disco, artrose, espondilolistese, fraturas e infecções.


Problemas musculares ou ligamentares: como tensão muscular, espasmos musculares, tendinite ou bursite.


Problemas neurológicos: como esclerose múltipla, neuropatia diabética ou câncer de medula espinhal.


Fatores comportamentais: como sedentarismo, obesidade, tabagismo e má postura.

Sintomas da lombalgia crônica


Os sintomas da lombalgia crônica podem variar de pessoa para pessoa. Os sintomas mais comuns incluem:


·        Dor na região lombar que pode ser aguda, intermitente ou constante.

·        Dor que piora com o movimento ou com o esforço físico.

·        Dor que melhora com o repouso.

·        Rigidez na região lombar.

·        Dificuldade para se locomover.

·        Dificuldade para realizar atividades cotidianas.

 

Diagnóstico da lombalgia crônica


O diagnóstico da lombalgia crônica geralmente é feito com base no histórico médico do paciente e no exame físico. Em alguns casos, o médico pode solicitar exames complementares, como radiografias, tomografias computadorizadas ou ressonâncias magnéticas, para descartar outras causas da dor.

 

Tratamento da lombalgia crônica


O tratamento da lombalgia crônica visa aliviar a dor e melhorar a função física do paciente.


O tratamento pode incluir:


Repouso: o repouso é importante para aliviar a dor e permitir que a coluna vertebral se recupere.


Medicamentos: os medicamentos podem ser usados para aliviar a dor e a inflamação.


Fisioterapia: a fisioterapia pode ajudar a fortalecer os músculos da coluna vertebral e melhorar a flexibilidade.


Acupuntura: a acupuntura é uma técnica milenar que pode ajudar a aliviar a dor e a inflamação.


Infiltrações: as infiltrações são injeções de medicamentos ou soluções diretamente na área da dor.


Cirurgia: a cirurgia é uma opção rara, reservada para casos graves de lombalgia crônica que não respondem ao tratamento conservador.

 

Prevenção da lombalgia crônica


Não existe uma maneira garantida de prevenir a lombalgia crônica, mas existem algumas medidas que podem ajudar a reduzir o risco, como:


  • Manter o peso saudável: a obesidade é um fator de risco para a lombalgia.

  • Manter-se ativo: a atividade física regular ajuda a fortalecer os músculos da coluna vertebral e melhorar a flexibilidade.

  • Adquirir hábitos posturais corretos: a má postura pode aumentar a carga sobre a coluna vertebral.

  • Evitar levantar objetos pesados: quando for necessário levantar objetos pesados, usar a técnica correta para evitar lesões.


A lombalgia crônica é uma condição debilitante que pode afetar significativamente a qualidade de vida do paciente. O tratamento da lombalgia crônica visa aliviar a dor e melhorar a função física do paciente. Existem diferentes opções de tratamento disponíveis, e o melhor tratamento para cada paciente dependerá das causas e da gravidade da dor.

Comments


bottom of page