top of page

Conhecendo os Riscos e Medidas Preventivas da Cirurgia do Quadril e Trombose:




A cirurgia do quadril é um procedimento comum realizado para tratar uma variedade de condições, como fraturas, osteoartrite e necrose da cabeça femoral. Embora seja geralmente segura, como qualquer cirurgia, ela vem com riscos potenciais, incluindo a trombose venosa profunda (TVP) e embolia pulmonar (EP). Vamos explorar a relação entre a cirurgia do quadril e a trombose, bem como as medidas preventivas essenciais para reduzir o risco dessas complicações.


Entendendo a Trombose Venosa Profunda (TVP): A TVP é uma condição em que um coágulo sanguíneo se forma em uma veia profunda, geralmente nas pernas. Durante a cirurgia do quadril, o risco de TVP aumenta devido à imobilização prolongada, lesão dos vasos sanguíneos e distúrbios de coagulação relacionados à própria cirurgia.


Fatores de Risco para Trombose após Cirurgia do Quadril:


  • Idade avançada

  • Obesidade

  • Histórico prévio de TVP ou EP

  • Cirurgias prolongadas

  • Imobilização pós-operatória prolongada

  • Uso de contraceptivos hormonais ou terapia de reposição hormonal

  • Condições médicas preexistentes, como câncer ou insuficiência cardíaca.


Sintomas e Complicações da TVP e EP: Os sintomas de TVP podem incluir dor, inchaço, calor e vermelhidão na perna afetada. Se um coágulo se soltar e viajar para os pulmões, pode causar uma EP, que pode ser fatal se não for tratada imediatamente. Os sintomas de EP incluem falta de ar súbita, dor no peito, tosse com sangue e batimentos cardíacos acelerados.


Medidas Preventivas:


  1. Mobilização precoce: Iniciar a mobilização precoce após a cirurgia para promover o fluxo sanguíneo e reduzir o risco de coágulos.

  2. Meias de compressão: Usar meias de compressão graduada para ajudar a prevenir a formação de coágulos.

  3. Exercícios de perna: Realizar exercícios de perna regulares, como flexão e extensão do pé, para melhorar a circulação sanguínea.

  4. Anticoagulantes: O uso de anticoagulantes, como heparina ou varfarina, pode ser recomendado para prevenir a formação de coágulos.

  5. Hidratação: Manter-se bem hidratado para evitar a espessamento do sangue e a formação de coágulos.


Embora a cirurgia do quadril ofereça benefícios significativos para os pacientes, é importante estar ciente dos riscos potenciais, como a trombose venosa profunda. Ao seguir as medidas preventivas adequadas e estar ciente dos sinais e sintomas de TVP e EP, os pacientes podem reduzir significativamente o risco dessas complicações graves. Sempre consulte seu médico para avaliação e orientação individualizada antes e após a cirurgia do quadril.

1 visualização0 comentário

Comentarios


bottom of page