top of page
  • mkt0395

Você já ouviu falar sobre a escoliose?

Conheça as causas, sintomas e tratamentos disponíveis

Escoliose é quando a coluna tem uma curvatura anormal para um dos lados (direito ou esquerdo), associado a rotação das vértebras, a patologia tem diversas origens:

• Escoliose congênita: quando há má formação ou divisão das vértebras;


• Escoliose Neuromuscular: é oriunda de sequelas neurológicas, como por exemplo, a paralisia cerebral;


• Escoliose pós-traumática: ocorre devido doenças do tecido conjuntivo e/ou anomalias dos cromossomos.


• Escoliose degenerativa: oriunda da degeneração dos discos e/ou articulações vertebrais.


• Escoliose idiopática: a mais comum e a que não possui causa definida, onde apresenta características diferentes em cada caso.


O diagnóstico da escoliose se dá através de exames clínicos e radiografias. Os tratamentos para a escoliose se dão a partir do grau de curvatura tomado pela coluna vertebral, quando é diagnosticada no início (10º a 25º), há possibilidade de correção por meio de fisioterapias posturais e com o auxílio de exercícios físicos, alguns casos se faz necessário o uso de coletes (25º á 45º) e quando a escoliose está em estágio avançado (45º - 50º) necessita de procedimento cirúrgico.


A cirurgia chama-se artrodese de coluna, que nada mais é do que um procedimento no qual realinha-se a coluna, através da fusão das vértebras que causam a curvatura da escoliose.


Por: Geovanna A. Chicotti CRF:97855


13 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page